Pages

Subscribe:

27 janeiro, 2010

A Literatura na 7ª Arte

Há alguns dias eu resolvi fazer um levantamento dos livros que foram adaptados para o cinema. Qual não foi a minha suspresa em descobrir que são muitos, mas muitos filmes baseados em livros e não vai ser uma tarefa simples descobrir todos esses filmes, sendo que grande parte deles eu nem imaginava que poderia ter raízes na literatura.
Aqui estão quatro dentre eles, dos quais três (Matilda, Convenção das Bruxas e Gremlins) fizeram parte da minha infância pois sempre passavam na Sessão da Tarde =)

A fantástica fábrica de chocolate, Roald Dahl

Duas adaptações para o cinema: Uma de 1971 e outra de 2005.

Matilda, Roald Dahl
Filme

As bruxas, Roald Dahl (adaptado para o cinema como Convenção das bruxas)


The Gremlins, Roald Dahl

O filme Gremlins não foi exatamente baseado na obra, mas o diretor Joe Dante conta que após ter lido o livro foi influenciado por ele na produção do filme.

Um pouquinho do autor:
Roald Dahl foi um autor britânico nascido no País de Gales, em 1916. Serviu na Segunda Guerra Mundial, quando tornou-se agente da Inteligência. Lá, que Dahl soube de uma lenda que existia entre os pilotos da força aérea sobre pequenos demônios que causavam estrago nos aviões e a partir disso escreveu The Gremlins. Ganhou notoriedade nos anos 40 com livros para adultos e para crianças. Seu trabalho é conhecido pelos finais inesperados e pelo humor negro, frequentemente encontrado nas obras infantis.

11 comentários:

L.F. Riesemberg disse...

Isto sem contar que há vários filmes baseados em seus contos adultos.

Welton Nogueira disse...

De fato, a maior referência do cinema ainda é a literatura.

Samantha (ladymacbethy) disse...

eiiiiii vi seu recado no PDL, adoreii seu blog, vou te seguir pra acompanhar as novidades. Parabéns. bjks

djamb disse...

A Fábrica de Chocolate tem pelo menos duas adaptações e são imperdíveis! Tenho pena de não ter lido o livro, mas nunca o encontrei à venda.
Boas leituras!

Rodrigues Bomfim disse...

Olá Livia!
Em minha primeira vez aqui, gostei de tudo que vi e li..Parabéns pelo blog, muito interessante!
“Creio que nada substitui a leitura de um texto, nada substitui a memória de um texto, nada, nenhum jogo”. Esta citação de Marguerite Duras leva-nos a concluir que um filme (baseado num livro) não é capaz de substituir a leitura do livro.

Abraços e boa semana.

soliloquioadois disse...

É uma séria falha eu nunca ter lido nada do Roald Dahl. Eu já sabia que A Fantástica Fábrica de Chocolates viera de um livro, mas os outros eu nem fazia ideia. 0-0

Mais um autor pra minha lista interminável de coisas a serem lidas. \o/

Lívia disse...

Samantha: Valeu, brigadão =)

Djamb: sim, tem duas versões mas ainda não assisti a nenhuma delas !

Rodrigues: Obrigada e claro que nada substitui a leitura do livro, mas filmes, jogos e brincadeiras instigam à leitura =)

Jessica: Pois é, fiquei com vontade de ler tmb, vai pro fim da fila =)

Cláudia Charão disse...

Não sabia que tinha um livro dos Gremlins (apesar de não ser bem baseado)- eu adoro os filmes, e nunca li nada desse autor, vou procurar algum.
Ótimas dicas!!
:)

Paulo disse...

Sempre tive vontade de ler o "fantástica fábrica de chocolate". um dia eu consigo.

Leonardo Pastor disse...

Olá, Lívia.

Obrigado pelo interesse no Víceras.

Não conhecia seu blog. Passarei a visitá-lo.


Beijos

Eduardo Silveira disse...

as adaptações da "fábrica" eu acho ótimas. ambas.

e nossa, são vários mesmo.
+ livros/filmes:

"história sem fim" (michael ende)
"jumankji" e também "o expresso polar" (ambos livros infantojuvenis de Chris Van Allsburg)

bjo!

Postar um comentário