Pages

Subscribe:

18 novembro, 2011

Reflexões literárias




Reflita(-se)
 
O amor é uma espécie de serviço militar.A Arte de amar, Ovídio.

O amor não se manifesta pelo desejo de fazer amor (esse desejo se aplica a uma série inumerável de mulheres), mas pelo desejo do sono compartilhado (este desejo diz respeito a uma só mulher).” A insustentável leveza do ser, Milan Kundera.

O que essas citações te sugerem? Quais obras, autores ou citações você lembra sobre o assunto?

Quem quiser participar, deixe um comentário ou escreva em seu blog que eu posto o link aqui. =)

4 comentários:

Manuel Cardoso disse...

Adorei este tópico.
As duas citações são muito sui generis. Engraçadas mesmo.
Concordo mais com a primeira: o amor é um contra senso; à partida devia ser algo de bom, mas com o tempo torna-se um verdadeiro serviço militar, com a sua disciplina rígida :)
A frase de Kundera é demasiado irrealista e lírica para o meu gosto :)

Lívia disse...

É, também concordo mais com a primeira. A segunda é bem peculiar, algo como um machismo romântico, se é que isso é possível hehe!

Patrícia disse...

Olá Lívia, eu gosto da frase do Nietzsche no livro Assim falava Zaratustra,que diz: "Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura." Difícil dosar não é? Abraços

Lívia disse...

Que legal Patrícia, não li nada de Nietzsche ainda, essa é uma boa sugestão! Muito boa a frase e concordo com essa idéia de que o amor é uma mistura de emoção e razão (no meu caso acho que um pouco mais de razão do que emoção heheh). Valeu pelo comentário, abraço!

Postar um comentário