Pages

Subscribe:

21 janeiro, 2010

Zoologia literária

A classe dos felinos contitui-se numa das mais ricas fontes de personagens ficcionais.

•    O gato de Cheshire – Felino fantástico encontrado por Alice enquanto perambulava pelo País das Maravilhas. Ele tem a estranha mania de desaparecer aos poucos, restando apenas seu sorriso flutuando no ar.





•    O gato preto – Este animal é da família dos demoníacae. Extremamente sombrio, vaga com seu olhar diabólico pelas páginas de Edgard Allan Poe. Frequentemente deixa rastros de sangue por onde passa.




•    Gato chamado Church – Felino da mesma família que o gato preto. Tem o peculiar hábito, quando enterrado num Cemitério Maldito, de ressucitar. Descoberto por Stephen King em 1983.




 Além dos felinos, há um outro mamífero que vaga pela zoologia do mundo literário.

•    Baleia – Apesar do nome, é um cachorro, e apesar de cachorro, tem pensamentos, sentimentos e sensações humanos. Costuma viver em lugares secos e pouco povoados, como o sertão brasileiro. Lá que Graciliano Ramos o encontrou em 1938.




Há também aves que povoam o mundo ficcional.




•    O corvo – Ave sombria de grito estridente que aparece de modo frequente no poema de Edgard A. Poe.




 
•    Os pássaros – Estas aves são perigosas. Costumam assassinar seres humanos tanto quando estão em bando como quando solitárias. Seu habitat natural é o conto de Daphne Du Maurier, mas comumente encontradas na adaptação cinematográfica de Hitchcock.



Os insetos não deixam de ter o seu valor literário também.

•    Barata (também conhecido como Gregor Samsa) – Inseto raro, e quase mitológico por sua habilidade de transformar-se em humano. Visto uma única vez, no antigo Império Áustro-Húngaro, por Franz Kafka, em 1915.




Para terminar este pequeno relato zoológico-ficcional, não podemos deixar de citar a fazenda Manor, habitat de vários animais submetidos a um grupo de porcos, que estranhamente adquiriram costumes humanos e instauraram um regime ditatorial. Este lugar altamente alegórico foi encontrado por George Orwell, em 1945.


Leituras:
Alice no País das Maravilhas, Lewis Carroll 
Assassinatos na Rua Morgue e outras histórias, Edgard Allan Poe 
O cemitério, Stephen King
Vidas secas, Graciliano Ramos
O corvo, Edgard Allan Poe
Os pássaros, Daphne Du Maurier
A metamorfose, Franz Kafka
A revolução dos bichos, George Orwell

6 comentários:

Nanda disse...

Ei Livia,
Primeiramente passando para retribuir e agradecer a visita no viagem literária ;)
Adorei este post, muito interessante e muito legal sua idéia.
bjoo

Fabio Shiva disse...

muito massa!!!
adorei o blog!!!
genial!!!

Eduardo Silveira disse...

Tbém adorei teu blog!
Obrigado pela visita ao Palavras
Mortas :)

Muito criativa suas postagens. Pra ser sincero, ultimamente tenho tido pouco tempo para ler tanta coisa boa, seja ela livros ou blogs, sites...
mas vou voltar aqui, com certeza, muito inteligentes suas postagens.
Ah, a pergunta da Julia ali acima é boa: skoob? o meu 37734
adoraria trocar ideias com vc

até! :)

Tinkerbell disse...

adorei o teu blog!

o gato do stephen já é conhecido ;)

se quisers passar:
http://the-door-to-my-imaginarium.blogspot.com/

és sempre bem-vinda!

bjs*

Johnatan Diego de S. Gomes disse...

Suas leituras são tão arfantes...

Dá vontade de querer ler um livro com você!

Abraço!

Lívia disse...

Hehehe brigada Johnatan =)

Postar um comentário