Pages

Subscribe:

13 abril, 2010

Desabafo do Exílio


Minha terra tem mais homens
Que vivem a cortejar
Minha querida esposa que resiste
Bravamente até eu chegar

Tempestades, redemoinhos e naufrágios sofrerei
Por Calipso, Polifemo e Circe hei de passar
Do canto da sereia e do monstro Cila vítima serei
Para finalmente a minha terra retornar

Minha terra tem marmanjos
Que com flechas vou furar
Até de mendigo me disfarcei
Para ninguém desconfiar

Não permita, Atena, que eu morra
Sem que antes chegue lá
E acabe com a festa desses canalhas
Que a minha mulher querem tomar!

Um doce pra quem descobrir o autor desse desabafo :D

4 comentários:

soliloquioadois disse...

genial! adoro a Odisseia, acho que o Ulisses é um herói foda - com o perdão do termo. e ficou muito bom mesmo o seu mash-up (?) com os dois temas.

Paulo disse...

O poema conta a história do nosso querido Odisseu/Ulisses e sua esposa Penélope. Agora, quem escreveu eu não sei,mas se fosse chutar eu diria que foi você. Caso eu tenha acertado, meus doces favoritos são de banana e goiaba.

Lívia disse...

Estou devendo dois doces pros senhores aí em cima! heheh
obrigada pelos comments rapazes, beijos =)

Lívia disse...

opa, desculpe, Soliloquio a dois é uma senhorita, tinha te confundido com outra pessoa =)

Postar um comentário